Ferramentas Auxiliares (Casa do Senhor) - Rádio Web Online - Dicionário Bíblico Online

 


 

E COMO OUVIRÃO SE NÃO HÁ QUEM PREGUE?

 

"Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?" (Romanos 10:14)

A palavra grega utilizada aqui para “pregar” significa “anunciar, proclamar ou publicar.”

Evidentemente, um “púlpito” pessoal é designado para cada crente (em casa, na comunidade, no escritório ou na escola) para mostrar e contar aos outros as Boas Novas.

PREGA A JESUS CRISTO

"Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus." (1 Coríntios 1:23-24)

O Evangelho é a revelação da verdade, mas, na análise final, é a operação do poder de Deus com vitória sobre o pecado e a morte.

A salvação bíblica não é nada menos que uma completa restauração do universo, com um novo céu e uma nova terra.

PREGA ARREPENDIMENTO E PERDÃO DOS PECADOS 

"E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos, e em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém." (Lucas 24:46-47)

Os discípulos somente deviam pregar o perdão dos pecados juntamente com o arrependimento do pecador.

O pregador que anuncia a salvação como uma simples “crença” ou religião fácil, ou uma formal aceitação da salvação gratuita, sem nenhum compromisso voluntário do pecador de obedecer a Cristo e à sua Palavra, ESTÁ PREGANDO UM FALSO EVANGELHO.

O VERDADEIRO ARREPENDIMENTO INCLUI O ABANDONO DO PECADO

Um elemento fundamental e imutável do verdadeiro evangelho:

"... Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus."  (Mateus 3:2)

PREGA A PALAVRA DO SENHOR

"E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa." (Atos 16:30-32)

Aqui temos o ministério da confirmação na Palavra, o que, por toda parte do livro de Atos, é algo bem enfatizado. A própria Grande Comissão salienta tanto a necessidade do evangelismo inicial como do ensino doutrinário, embora esta última porção do ministério cristão seja com freqüência negligenciada.

PREGA O EVANGELHO DO REINO DE DEUS

"E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do reino de Deus, e dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho." (Marcos 1:14-15)

HÁ SOMENTE UM EVANGELHO

Jesus o pregou, transmitiu a seus discípulos e comissionou-os à sua igreja.

Paulo preveniu "jamais receber qualquer outro evangelho": "Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema."

Pode ser tanto uma mensagem completamente errada ou um argumento para uma mensagem diluída e desprovida de poder, embora nominalmente cristã.

Judas sempre nos impele a batalhar pelo original: “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo. Mas quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram." (Judas 3-5)

Atenham-se ao “COMPLETO EVANGELHO DO REINO”, e esperem que o Senhor confirme essa “PALAVRA” com os SINAIS QUE ELE PROMETEU.

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão." (Marcos 16:15-18)

PREGA A PALAVRA EM TODO TEMPO 

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." (2 Timóteo 4:1-4)

Torne-se um servo comprometido com a Palavra de Deus. Esteja preparado a qualquer momento, seja conveniente ou não, para proclamá-lo e para instruir pacientemente aqueles que não o compreendem ou não o aceitam.

NÃO PREGA OU ACEITA OUTRO EVANGELHO

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (amaldiçoado)." (Gálatas 1:8)

A Bíblia afirma claramente que há um só evangelho: “O Evangelho de Cristo.” Este evangelho nos veio “pela revelação de Jesus Cristo” e pela inspiração do Espírito Santo.

"Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo." (Gálatas 1:11-12)

O evangelho é definido e revelado na Bíblia, a Palavra de Deus.

Quaisquer ensinos, doutrinas, ou idéias que, originados em pessoas, igrejas ou tradições, e que não estejam expressos ou subentendidos na Palavra de Deus, não podem ser incluídos no evangelho de Cristo.

Misturá-los com o conteúdo original do evangelho é “transtornar o evangelho de Cristo."

NÃO NEGOCIA A PALAVRA DE DEUS 

Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando lucro; antes em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus.

"Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus." (2 Coríntios 2:17)

Paulo descreve, aqui, pregadores de então que reduziam as exigências do evangelho a fim de obterem lucro, aceitação e sucesso:

"Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis." (2 Coríntios 11:4)

"Mas o que eu faço o farei, para cortar ocasião aos que buscam ocasião, a fim de que, naquilo em que se gloriam, sejam achados assim como nós. Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." (2 Coríntios 11 12-15)

Eram talentosos e persuasivos, mas, secretamente, insinceros. Cobiçavam dinheiro e visavam à preeminência:

"Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas." (João 10:12-13)

"Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade; uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões." (Filipenses 1:15-17)

"Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto." (1 Pedro 5:2)

"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." (2 Pedro 2:1-3)

"Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça; mas teve a repreensão da sua transgressão; o mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta. Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas eternamente se reserva. Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo." (2 Pedro 2:14-19)

 


Este estudo foi visualizado 8608vez(es)

Ir para o Portal Casa do Senhor - Clique Aqui

Estudos Bíblicos

Copyright(c) 2003-2011. Ministério Internacional Casa do Senhor. Todos os direitos reservados.
Rádio Web Nova Vida - www.casadosenhor.com.br ou www.casadosenhor.pt